Voluttà surpreende em ‘América’

Voluttà surpreende em ‘América’

Voluttà surpreende em ‘América’. O single ‘América’, da Voluttà, já está nas plataformas. A música foi produzida em julho deste ano e a composição é de Juliano “Alemão” Ribeiro, com arranjos da Voluttà e letra de Lauro Brandão.
Fundo vermelho, triângulo amarelo e a palavra América
São Paulo, 1º de outubro de 2022 – “América é um tema que foi se tornando necessário pra mim. Havia tempo que pensava em escrever alguma música de protesto direta, reto ao ponto. Em 2022 li o excelente livro, “Bolívar: o libertador da América”, da Marie Arana. Um livro baseado na vida e luta do libertador, resultado de pesquisas a documentos históricos e ao infinito acervo de materiais sobre Bolívar. As imperfeições das escolhas políticas do libertador são fruto das imperfeições do cenário político da América submissa, e que em muitos casos, ainda não totalmente liberta. Há muito me dedico a dar mais atenção às coisas produzidas aqui na nossa terra, no nosso leito, sejam os rock brasileiros ou os excelentes rock argentinos. Tudo num caldeirão misturado com a febril excitação da leitura, produziu-se a letra de ‘América’. Numa maneira diferente de fazer as coisas, achei que seria bacana pedir para os caras da Voluttà comporem a música, gravarem o instrumental e me enviarem para eu pôr uma letra, eis que o Alemão traz o instrumental de ‘América’. A letra que existia a poucos dias coube sem retoques. O trabalho maior era fazer com que tanta letra coubesse em espaços de tempo curtos ao volume de texto. Logo veio a ideia de tentar compor alguma coisa de linha vocal mais dura e incisiva, estilo Rage Against the Machine. E por esse caminho diferente da minha maneira comum de compor vocais, quase sempre mais melódicos, chegamos neste resultado. É uma canção de libertação, onde “a fome incendeia a razão” é uma frase que sintetiza o caminho da música, ao mesmo tempo que se conecta com a letra do single ‘O Dia da Caça’, lançado em 2020. Fico feliz que as letras andem juntas num caminho filosófico e reflexivo sobre as dificuldades e resistências de um país subdesenvolvido. América, assim como todo o material que tem sido composto para o segundo álbum, “O Dia da Caça”, com previsão de lançamento para 2023, são o retrato de um tempo, e aspira ser prenúncio de dias melhores”, explica Brandão.
A Voluttà, formada em 2014 na capital gaúcha, é formada por Lauro Brandão (voz), Juliano Ribeiro (baixo), Helio Cordeiro (bateria) e Ivanez Bernardi (guitarra).
A capa do single é uma pintura a óleo produzida por Lauro Brandão.

 

 

Letra da música
Na América encharcada de sangue e caos
De traumas expostos em mesas famintas
Almas de negros e índios entoam canções de libertação
As algemas de ouro já não brilham mais
Os dentes tão brancos é o que embelezam
Os cabelos negros nas ondas da areia
Onde desembarcaram nossos vilões
Se misturam as cores
Salve Bolívar
Salve Bolívar
Salve Bolívar
O Haiti nos condena a revolução
Os livros de história nos abrem os olhos
A língua professa um caminho melhor
Pra quem tem sensibilidade
Pra quem sabe chorar a dor do outro
Pra quem sabe que a fome incendeia a razão
Pra quem sabe que viver na rua condena
Amarra a liberdade
Apaga o espírito
América

Ficha técnica
Música: Juliano Alemão Ribeiro
Letra: Lauro Brandão
Arranjos: Voluttà
Engenheiro de som e arranjos adicionais: Luciano Vargas
Gravação da voz: Wecando Estúdio – Joinville/SC
Gravação instrumental, mixagem e masterização: Estúdio K30 – Porto Alegre/RSContatos
Site: www.palcomp3.com.br/volutta
Volutta está no Mapa da Expedição

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Copyright © 2024 Expedição CoMMúsica Política de privacidade | Audioman Pro by Catch Themes
Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com