Exposição Rosas Brasileiras em mostra inédita

Exposição Rosas Brasileiras em mostra inédita

Exposição Rosas Brasileiras em mostra inédita.  Ministério da Cultura, Esfera e Santander Brasil apresentam: Exposição Rosas Brasileiras

De 10/11/2023 (sexta-feira) a 18/02/2024 (domingo)

Farol Santander São Paulo exibe mostra inédita com acervo de obras e objetos que tem a rosa como protagonista

 

  • 131 obras de arte e mais de 1.200 objetos diversos ocupam dois andares do centro de cultura, lazer, turismo e gastronomia;
  • Itens raros, pinturas, desenhos, esculturas, fotos, vídeos e muito mais podem ser vistos pelo público;
  • Mostra reúne obras de nomes como Paulo von Poser, Candido Portinari, Mestre Valentim, Mira Schendel, Amélia Toledo, Luiz Zerbini, Beatriz Milhazes, Aldemir Martins, Carlos Scliar, entre outros.

 

Exposição Rosas Brasileiras em mostra inédita. Rosas Brasileiras
Crédito foto: Rodrigo Reis

 

São Paulo, 10 de novembro de 2023 – O Farol Santander São Paulo inaugura no dia 10 de novembro (sexta-feira), a exposição inédita Rosas Brasileiras, que celebra a trajetória da rosa como inspiração artística e parte viva do cotidiano social. Serão exibidas 131 obras de arte e mais de mil objetos diversos que trazem a rosa como personagem principal. Sob curadoria de Giancarlo Latorraca e Paulo von Poser, e produção da AYO Cultural, a mostra fica em exibição até 18 de fevereiro de 2024.

“O artista e colecionador Paulo von Poser nos apresenta a flor Rosa como ponto de partida e inspiração para dezenas de diferentes aspectos e aproximações, desde o ato de cultivá-las e sua comercialização em escala internacional, até, principalmente, sua representação como expressão romântica, de respeito, devoção, lamento, amor, paz, perfume, desenhos e pinturas artísticas, entre inúmeros outros sentimentos que esta exposição nos revela”, comenta Maitê Leite, vice-presidente executiva Institucional do Santander Brasil.

A mostra, que ocupará dois andares do Farol Santander (24º e 23º), é composta por telas, esculturas, poemas, fotos, vídeos, almofadas, luminárias, calendários, capas de discos, livros, louças, estampas, imagens sacras, peças de roupas, entre diversos outros itens. A exposição revela também uma instalação do artista Vic Meirelles, que levou quatro mil rosas vivas de diversas cores ao teto do 24° andar do Farol Santander São Paulo. A rosa em seu estado natural também pode ser conferida junto às obras dos artistas Nelson Felix e Joseph Beuys

“A proposta é conhecer a origem da flor rosa, seu aspecto como criação humana, como produto industrial e as mais diversas manifestações da sua presença em nossas vidas, destacando sobretudo sua existência no Brasil. Da fatura artesanal à indústria, das reproduções tridimensionais às estampas, da perfumaria à música, da representação poética às ruas, da docilidade doméstica à adoração religiosa.”; explica Paulo von Poser, artista e curador da mostra.

O poema “O poeta e a rosa”, de Vinicius de Moraes, ganha destaque em um vídeo com declamação da chef Paola Carosella. O material surge como um comentário sobre a relação da rosa com a poesia e arte. Também será exibida uma tela intitulada “Rosa Amour”, produzida em 2015 pela atriz Bruna Marquezine em conjunto com Paulo von Poser.

Essa imensidão de trabalhos exibidos viaja por séculos de produções sobre o tema, revelando obras de personalidades como Mestre Valentim, ainda no Brasil colonial, e a tela “Rosa Mystica”, do artista simbolista francês Edgard Mexence. A pintura é datada de 1904, sendo considerada a mais antiga da exposição. Já a produção mais recente exposta será a vídeo escultura “Lovin Love”, do brasileiro Rodrigo Cass, realizada já em 2023. Entre os artistas e épocas destacadas estão:

Décadas 1900 a 1920: Eliseu Visconti.

Década 1940: Ernesto de Fiori e Candido Portinari.

Década 1950: Pierre Verger.

Década de 1960: Mira Schendel, Wesley Duke Lee, Ubirajara Ribeiro e Walter Firmo.

Década de 1980: José Antonio da Silva, Carlos Scliar e Leonílson.

Década de 1990: Luiz Zerbini, Beatriz Milhazes e Amélia Toledo.

Década de 2010: Rochelle Costi, Sergio Romagnolo, Laerte e Jeanette Musatti.

Década de 2020: J. Borges, Thiago Sant’anna, Ana Beatriz Almeida, Adriel Visoto e Rodrigo Cass.

Temos aqui a rosa como um pretexto, para falar da vida, regeneração e morte, selecionando uma flor em busca de revelar sua presença longeva, pré-histórica e reiterada no universo humano, simbólico, de consumo ou de pura expressão artística.”comenta Giancarlo Latorraca curador da mostra.

 

Obras em destaques produzidas por Paulo von Poser

Para esta mostra foram escolhidas obras do artista Paulo von Poser que interagem com elementos de sua coleção pessoal. Nesse contexto, o acervo é reforçado como fonte de inspiração para objetos que conectam o desenho do artista com os objetos do cotidiano, do design e da moda, entre elas estão alguns destaques:

Rosa Altar: Núcleo de abertura Rosas da Consagração;

Núcleo da coleção de vasos: Vaso pintado à mão em faiança;

Núcleo Rosas da Paz:  Esculturas de espinhos, produzidas em concreto e bronze;

Estampas de rosas, vestidos dos anos 1990’s, da marca FIT, estampa vestido G – Glória Coelho, confeccionado em 2023.

Prancha de surf pintada pelo artista Paulo von Poser em performance na exposição Alma Surf.

Série de Rosas Neon, produzidas exclusivamente para essa exposição, que participaram da instalação do flower designer Vic Meirelles.

Hall de entrada do Farol Santander São Paulo: No imponente Hall de acesso ao prédio, Paulo von Poser preparou uma instalação com luzes rosas e um banco em formato de pétala, feito em madeira e pintado de vermelho.

 

Destaques das obras e curiosidades

“A história da rosa no mundo” é o destaque do núcleo científico da exposição, em uma linha do tempo da rosa, desde a pré-história, com o surgimento do gênero Rosaceae, até a sua chegada ao Brasil, quando mencionada em carta do Padre Anchieta. Imagens, frases e vídeos apresentam curiosidades acerca da produção da flor rosa, a colocando também como um objeto industrial, no contexto de plantações, comercialização e até mesmo produção agrícola.

EDITH FEIJÓ – Quadro de rosas, 1953, avó materna de Paulo von Poser, é um componente fundamental na formação da conexão do artista com as rosas em sua obra e coleção.

CARLOS SCLIAR – Pão e rosas para todos, 1968 Serigrafia sobre papel. Scliar foi um destacado desenhista, gravurista, pintor, ilustrador, cenógrafo, roteirista e designer gráfico brasileiro. A serigrafia que será exibida faz referência a uma poesia sufragista.

ALDEMIR MARTINS – Rosa Amarela, 1969 – Nanquim e aquarela sobre papel. Desenho raro, assinado e datado do mesmo ano em que o artista cearense foi premiado como desenhista na Bienal de Veneza.

LEDA CATUNDA – Três Casais, 2007. Pintura em acrílica sobre tecido. Leda Catunda Serra é uma artista visual, pintora, escultora, artista gráfica e professora brasileira. Considerada um dos maiores talentos surgidos no âmbito da Geração 80, explorando os limites entre a pintura e o objeto.

HUDINILSON JR. – Kazuo Ohno e Rosas, Recortes sobre Papel, 2009. Uma grande revelação na Arte Contemporânea Brasileira, após sua morte, sua obra tem atingido valores astronômicos no mercado de arte internacional. Nesta colagem, Hudinilson retrata em recortes de jornal o bailarino de butoh Kazuo Ohno, que ao longo de sua vida incorporou diversas coreografias com rosas naturais.

PAULO BRUSKY – NaturezÁguArquivObrAberta, 2019. Pétalas secas prensadas entre folhas de acetato, contidas em uma caixa de vidro com água e rosas. Paulo Roberto Barbosa Bruscky é um artista multimídia e poeta brasileiro de Pernambuco, reconhecido por sua significativa contribuição ao movimento da arte conceitual brasileira. Nesta obra, Brusky oferece uma releitura de um vaso de flores através de um vaso versátil e conceitual, incorporando lâminas de acetato que abrigam especificamente rosas secas.

Skate pessoal de Oscar Metsavaht, um artista brasileiro formado em medicina, designer de moda e ativista ambiental. O skate é um símbolo do conceito ‘surfing the city’, representando o uso frequente da rosa em estampas e outros elementos em sua marca de roupas. Além disso, no mesmo núcleo, encontra-se a mais recente estampa de rosas desenhada por Paulo von Poser e produzida pela renomada estilista brasileira de vanguarda, Glória Coelho.

 

 

Exposição Rosas Brasileiras em mostra inédita

Exposição: Rosas Brasileiras

Curadoria: Giancarlo Latorraca e Paulo von Poser

Produção: AYO Cultural

Patrocínio: A exposição Rosas Brasileiras é apresentada pelo Ministério da Cultura, Esfera e Santander Brasil, via Lei Federal de Incentivo à Cultura.

Sobre Paulo von Poser

Paulo Fernando von Poser (São Paulo, São Paulo, 1960).  Arquiteto, desenhista, gravador, professor e cenógrafo. Forma-se na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAU/USP), em 1982. Durante a graduação, dá cursos de desenho de observação. 

A partir de 1989, começa a desenhar rosas. O tema, recorrente em seus trabalhos, torna-se mais conhecido em 1996, quando o artista ilustra, com flores, o calendário do Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo (MAC/USP). Realiza diversas exposições individuais e coletivas. Dentre elas, a Horizontes (2001), composta de desenhos e pinturas expostos em praias da Bahia e no Arpoador, Rio de Janeiro. Junto com a fotógrafa Cristina Guerra (1960) faz o projeto Você Está aqui, que resulta em três exposições no ano 2006. 

Em 2007, participa de manifestação de Arte Pública em Auvergne, França; da Bienal de Art Siart em La Paz, Bolívia, e instala um painel de 3.500 azulejos nos muros do cemitério Araçá, em São Paulo. 

Em 2008, restaura o foyer e o teto do Theatro Guarany, em Santos. Lança seu primeiro livro, A Cidade e a Rosa, em 2010. Dois anos depois, expõe alguns trabalhos no Museu Brasileiro da Escultura (MuBE), em mostra comemorativa dos 30 anos de sua carreira. Atualmente, leciona desenho na Escola da Cidade e na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo de Santos (FauS).

 

Sobre Giancarlo Latorraca

Arquiteto pela FAU-USP e doutorando no programa de Pós-Graduação da FAUD-USP na área do Design.

Colaborou com Lina Bo Bardi, Paulo Mendes da Rocha e com o escritório Brasil Arquitetura. Trabalhou no Instituto Lina Bo e P.M. Bardi de 1993 a 2001, desenvolvendo projetos editoriais e de exposições.

Realizou inúmeros projetos expográficos em sociedade com o escritório Apiacás Arquitetos (2001-2010) e  museográficos para novos Museus (2011- 2016). Atuou como Diretor Técnico do MCB (2008 a 2023) promovendo extensa revisão do acervo da instituição e realizando diversas curadorias e projetos expositivos, entre outros, a mostra Maneiras de expor: arquitetura expositiva de Lina Bo Bardi, prêmio APCA-2014, Categoria “Fronteiras da arquitetura”, modalidade “Arquitetura e Urbanismo”.  Atualmente trabalha como autônomo em projetos de design de interiores, exposições e curadorias.

 

Sobre o Farol Santander São Paulo

Desde sua inauguração, em janeiro de 2018, o Farol Santander São Paulo, centro de cultura, turismo, lazer e gastronomia, já recebeu mais de 1,5 milhão de visitantes e apresentou mais de 40 exposições nos eixos temáticos e imersivos. 

Construído para preservar o passado, iluminar o presente e transformar o futuro, as atrações do Farol Santander ocupam 17 dos 35 andares do edifício de 161 metros de altura que, por décadas, foi a maior estrutura de concreto armado da América do Sul.

As visitas começam pelo Hall do térreo, que surpreende com o famoso lustre de 13 metros de altura, pesando mais de 1,5 tonelada, passando pela Loja da Cidade e seguindo até o 26° andar. No Mirante do 26, o visitante poderá apreciar deliciosos cafés por Mario Azevedo Gastronomia, enquanto admira uma das vistas mais famosas de São Paulo.

Do 24° ao 19° andar estão as galerias de arte que recebem exposições temporárias, apresentando trabalhos de diversos artistas nacionais e internacionais. E do 5º ao 2º andar, no Espaço Memória, os visitantes podem conhecer a história do prédio e da própria cidade de São Paulo. Esses andares preservam mobiliário original, executado pelo Liceu de Artes e Ofícios, expostos nas salas de reuniões, diretoria e presidência, ambientadas sonoramente para simular o funcionamento à época como Banco do Estado de São Paulo. Na galeria do 4º andar fica a obra Vista 360°, feita pelo artista brasileiro Vik Muniz exclusivamente para o Farol Santander São Paulo. 

No subsolo do edifício, onde funcionava o cofre do Banco, está instalado o Bar do Cofre por SubAstor. O bar é ambientado com as características da época e pitadas contemporâneas em design e mobiliários, com carta de drinks especiais e aperitivos.

Outro espaço conectado a gastronomia é a Cozinha do 31 por Accademia Gastronomica, que mantém uma agenda semanal de cursos e aulas de gastronomia ministradas por renomados chefes de cozinha. E no 28º andar, o Boteco do 28 por Bar da Cidade, com um menu em referência à culinária da antiga Paulistânia, nascida da união entre ingredientes e costumes indígenas e portugueses.

Outro diferencial da instituição é a inusitada Pista do 21 por Rajas Skatepark, um dos maiores complexos esportivos para prática do skate do país, com instrutores homologados pela Federação Paulista da modalidade indoor. A pista de skate pode ser reservada para livre circuito de até sete skatistas por bateria e oferece agendamento de aulas.

Além dos andares culturais e gastronômicos, o prédio possui dois espaços exclusivos para eventos. No 25° andar, um incrível ambiente de 400m² decorado com elegante design, o Loft do 25 é um local sofisticado e contemporâneo que se adapta a diversos formatos de evento. E, no 8° andar, a Arena do 8 é o espaço ideal para palestras, encontros e debates, oferecendo equipamentos de áudio e vídeo, além da linda vista para o Vale do Anhangabaú e Avenida São João.

 

Sobre a Esfera

A Esfera é o programa de fidelidade do Grupo Santander e conta com as seguintes frentes de atuação: pontos, descontos e cashback para comprar, viajar e curtir. São mais de 180 marcas parceiras para aproveitar. Além disso, a Esfera permite que todas as pessoas possam se cadastrar de forma gratuita para acumular pontos, resgatar, ganhar descontos e cashback. 

A Esfera reconhece a importância de preservar e promover a riqueza cultural e, por isso, tem um compromisso em fomentar a cultura e apoiar eventos culturais significativos como essa exposição.

 

Santander e Cultura

O Santander é um reconhecido apoiador e difusor da Cultura em todos os países em que atua. No Brasil, não é diferente, o Banco acredita, investe e promove o acesso às mais distintas manifestações culturais e a democratização da cultura para a sociedade.

Além de patrocinar e promover parcerias com instituições e iniciativas culturais, como Museu do Amanhã (RJ), Festival de Música em Trancoso (BA) e a restauração do Mural Batalha dos Guararapes (PE) e do Museu do Ipiranga (SP), o Santander mantém seus próprios empreendimentos, como os Faróis Santander Porto Alegre e São Paulo, além do Teatro Santander e 033 Rooftop, na capital paulista.

 


Serviço exposição Rosas Brasileiras – Farol Santander São Paulo

Endereço: Rua João Brícola, 24 – Centro (estação São Bento – linha 1, azul do metrô)

Quando: 10/11/2023 a 18/02/2024

Site Farol Santander: farolsantander.com.br

Telefone Farol Santander: (11) 3553-5627

Funcionamento: terça-feira a domingo

Horários: 09h às 20h

Ingressos: R$ 35,00 (R$ 17,50, meia-entrada) 

Cliente Santander: 10% de desconto comprando com o cartão Santander (em até 8 ingressos).

Cliente Santander Select: 10% de desconto comprando com o cartão Santander Select (em até 8 ingressos), e prioridade na fila de entrada para o Farol.

Compra online:  https://www.farolsantander.com.br/#/sp (vendas também na bilheteria local)

Classificação: livre

Assessoria de imprensa: Marra Comunicação

Imagem em Destaque: Reprodução. Cândido Portinari, com direitos de reprodução gentilmente cedidos por João Cândido Portinari

 

 

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Copyright © 2024 Expedição CoMMúsica Política de privacidade | Audioman Pro by Catch Themes
Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com